Catnip

Catnip: A “erva do gato” ou catnip contém um princípio ativo que deixa os pequenos felinos em uma espécie de transe. É possível ver um gato a morder e a lamber as folhas enquanto dá pulos no ar e se esfrega no chão ronronando.

A origem do nome dessa planta é graças a esse efeito excitante sobre gatos domésticos e outros felinos.

Catnip, a erva do gato

Erva do gato. by Dwight Sipler

O catnip contém o composto orgânico nepetalactona, o responsável pelo efeito nos gatos.

Nepeta cataria (e algumas outras espécies dentro do gênero Nepeta) são conhecidas por seus efeitos comportamentais sobre a família dos gatos, não só os domésticos, mas também outras espécies de gatos. Vários testes mostraram que leopardos, pumas, e linces frequentemente reagem ao catnip de um modo semelhante ao dos gatos domésticos, enquanto leões e tigres podem reagir de forma diferente.

No Brasil, o cultivo da cataria é desenvolvido especialmente para uso na medicina veterinária de felinos, sendo também usada como enchimento de brinquedos de pano para gatos, tornando estes itens mais interessantes para os felinos.

Algumas reações comuns que gatos exibem quando cheiram as folhas machucadas ou caules do catnip são:

• Se esfregar na planta

• Rolar no chão

• Arranhar, lamber, e mastigar a planta.

Curiosidades sobre o catnip

• O consumo excessivo da planta pode provocar salivação, sonolência. Podem fazer os gatos saltarem ou ronronarem. Alguns miam ou fazem outras vocalizações. Os efeitos são sentidos no animal normalmente entre cinco e quinze minutos após o consumo da planta. 

• Nem todos os gatos são afetados pela erva-do-gato. Segundo estudos, cerca de 33% não são afetados pela planta.  Esse comportamento é hereditário, isto é, transmitido geneticamente de geração em geração.

• Algumas outras plantas também têm efeito semelhante em gatos, como a valeriana (Valeriana officinalis).

A planta do catnip, erva-do-gato, erva-gateira

Nepeta cataria L., conhecida pelo nome comum de erva-gateira ou erva-dos-gatos (catnip), é uma espécie de planta herbácea do gênero Nepeta da família Lamiaceae, nativa da Europa e do sudoeste da Ásia Central e naturalizada muitas regiões temperadas.

A erva-do-gato desenvolve-se naturalmente em solos calcários em várias partes da Europa e da Ásia. É uma planta comum nos jardins da América do Norte. Suas folhas e hastes são cobertas por pelos esbranquiçados. As flores, purpúreas ou brancas e com pontinhos vermelhos, crescem no alto das hastes.

O uso do chá de erva-dos-gatos já era apreciado na Europa no tempo dos romanos. Na Idade Média as folhas eram usadas para condimentar carnes.

Comentários do Facebook