Ragdoll

Ragdoll. Uma raça de gatos de beleza sedutora. O ragdoll tem olhos azuis e pelagem distinta. É um animal grande e musculoso de pelos médios, macios e sedosos. A raça foi desenvolvida pela criadora americana Ann Baker. 

O Ragdoll é conhecido por seu temperamento dócil e natureza afetuosa. O nome “Ragdoll”, que significa boneca de pano, é derivado da tendência dos gatos desta raça para ficarem relaxados quando pegos no colo. 

Ragdoll. Uma raça de gatos de beleza sedutora

História do Ragdoll

Na década de 1960, uma gata branca sem pedigree e peluda chamada Josephine, foi ferida em um acidente de carro e levada para o hospital veterinário da Universidade da Califórnia. Josephine era de um tipo persa/angorá e tinha ninhadas geradas por vários machos desconhecidos Birmaneses ou semelhantes.

Filhotes adoráveis fazendo pose. foto: Vancouver Film School

Depois que Josephine foi recuperada, sua próxima ninhada de gatinhos foi de temperamento dócil e calmo, natureza afetuosa e uma tendência a ficar relaxados no colo. Josephine e interessou-se por alguns desses filhotes e escolheu três deles (um macho e duas fêmeas) sobre os quais o perfil do Ragdoll começou a ser traçado.

Era o ano de 1965 quando ela iniciou os cruzamentos com esses exemplares e obteve a primeira ninhada, da qual dois filhotes foram reconhecidos oficialmente como os primeiros Ragdolls. A raça foi criada seletivamente ao longo de muitos anos para apurar características desejáveis, como o grande tamanho, comportamento gentil e bela coloração.

Ann estipulou que o padrão inicial da raça seria o Colorpoint, com os olhos sempre azuis. Logo,  Ann conseguiu determinar os três padrões iniciais da raça: Colorpoint, Mitted e Bicolor.

Em 1993 a raça foi reconhecida oficialmente pela American Cat Fanciers Association. Hoje, o maior clube internacional da raça é o Ragdoll Fanciers Club Internacional (RFCI).

Características da raça Ragdoll

Ragdolls em momento de carinho. foto: Steve Jurvetson

Muito mais que gatos grandes e bonitos, os Ragdolls tem uma íntima relação com seu dono. São muito inteligentes e bons companheiros. Ideais para se ter dentro de casa. Gostam do convívio com pessoas e são pacíficos com outros animais e crianças.

O animal ideal deve ser grande e pesado, firme e musculoso. As fêmeas podem ser consideravelmente menores do que os machos. A maturação da cor da pelagem normalmente não é atingida até os três anos de idade.

A cabeça deve ser de tamanho médio, larga e com os olhos levemente arredondados, grandes e sempre azuis. A cauda é longa, do comprimento aproximado do corpo.

O Ragdoll clássico é um gato Colorpoint, ou seja, com orelhas, focinho, pontas das patas e cauda em tons mais escuros que o do corpo.

Encantam com o seu temperamento afetuoso. O Ragdoll é, por fim, uma raça de gatos de beleza incontestável.

Para saber mais: Breed Profile (em inglês)

 

Comentários do Facebook