Sagrado da Birmânia

Sagrado da Birmânia

Sagrado da Birmânia: Uma raça de grande beleza, elegância e algo mais: uma aura mística… um gato para ser adorado.

Ao que tudo indica, o Sagrado da Birmânia descende dos gatos que eram venerados como deuses nos templos budistas da Birmânia (atual Myanmar), na Ásia, no século XV. Os sacerdotes acreditavam que os fiéis retornavam à Terra na forma de gatos.

Sagrado da Birmânia

Albafeles Sacred Birmans. by Claudia Zaino

Os Sagrados da Birmânia, por serem gatos ColorPoint, assim como os siameses, nascem brancos, e apenas em algumas semanas podemos começar a ver a cor do gato.

Ao que tudo indica, o Sagrado da Birmânia descende dos gatos que eram venerados como deuses nos templos budistas da Birmânia (atual Myanmar), na Ásia, no século XV. Os sacerdotes acreditavam que os fiéis retornavam à Terra na forma de gatos.

A raça moderna foi fundada por “Wong Mau”, com um Sagrado da Birmânia levado para os EUA em 1930 que foi cruzado com um Siamês.

Os selecionadores franceses incluíram na descendência o sangue dos Siameses e dos Persas brancos, este último responsável pela pelagem macia e semilonga do Sagrado da Birmânia.

O Sagrado da Birmânia é um gato sociável. É também conhecido como “birmanês“.

Características do Sagrado da Birmânia

Não são agressivos, adoram a companhia humana e acostumam-se com a rotina da casa e com outros animais. Adaptam-se facilmente em ambientes fechados, capacidade que os torna ideais para apartamentos.

Como características gerais destacamos o pelo longo, geralmente ostentando uma “máscara” escura na face, patas sempre brancas “ou luvas”. São musculosos e tem movimentação equilibrada.

A pelagem não forma nós, nem cachos (com exceção da região do abdômen). As fêmeas (peso ideal a partir de 3 kg chegando a 5kg, sem aparentar ser gordo) são bem menores do que os machos (que podem chegar a 8kg, sem aparentar ser gordo). A cauda é portada ereta.

foto: Ollie Harridge

A cabeça é de tamanho médio e formato arredondado; vista de perfil, mais longa que larga. Mandíbulas fortes, queixo bem desenvolvido. O nariz é alongado, com as narinas apontando para baixo. Pode apresentar pigmentação rosada.

Os olhos são arredondados, levemente amendoados, grandes, e de coloração azul escura, independentemente da cor da pelagem.

O comprimento das orelhas é aproximadamente igual à largura na inserção. As pontas são redondas. lnseridas moderadamente afastadas e bem providas de tufos de pêlos.

O corpo apresenta tamanho médio ou grande. Ossatura forte, retangular e cauda de comprimento médio, bem peluda. O pescoço com comprimento médio e musculoso.

Tem pelagem de comprimento médio para longo, bem sedosa. O colar é desejável, especialmente nos machos. A escovação é desejável, no entanto a pelagem é menos espessa do que a dos persas, não formando nós. De qualquer forma, recomenda-se escovações semanais, para evitar a formação de bolas de pelo (podem ser usadas também pastas que servem para este fim).

Em geral é um gato forte, mas como todos os gatos de raça, deve tomar todas as doses das vacinas e reforçar todo ano.

Comentários do Facebook